Casa7 lança clipe Deus é Par

Ouvir as composições do grupo formado por Luísa Toller, Caetano Ribeiro, Daniel Coelho e Dhieego Andrade é uma verdadeira viagem no tempo. Músicos de formação, o quarteto é uma ponte entre os grandes ícones da chamada MPB e os novos artistas da nossa música. Agora, prestes a lançar seu segundo disco, “Caminho do Meio”, o Casa7 apresenta o videoclipe do single “Deus é Par”, dirigido por Paulo Moreira.

A composição de Daniel Coelho representa bem o cuidado estético e a sofisticação dos arranjos da banda. Com influencias do músico e compositor Dori Caymmi e temperos da música africana, a faixa traz na letra de Guto Leite questões espirituais sobre a pluralidade divina. No vídeo, belas imagens gravadas na Serra da Mantiqueira ajudam a transportar o espectador para esse ambiente de “transcendência”.

Confira aqui o videoclipe de “Deus é Par”. Na sequência, tem a entrevista com o Daniel Coelho:

A sonoridade de vocês é repleta de elementos do choro, baião, jazz, entre outros. Qual o maior desafio do grupo para que tudo isso faça sentido nas composições, tenha seu espaço e soe de maneira tão harmoniosa no final?

Todos nós ouvimos muito tudo isso (jazz, bossa nova, baião…), e as influencia acabam aparecendo naturalmente nas composições. Os arranjos são feitos durante os ensaios, com a participação de todos, isso é o que traz a identidade do grupo, a cara do Casa7, todos somam em todas as músicas.

Onde o Casa7 foi buscar inspiração para a produção do próximo disco, “Caminho do Meio”?

Desde o surgimento do grupo todos os integrantes atuam, separadamente, em diversos trabalhos, de rock, jazz a música infantil. Essa diversidade de estilos e vivências de cada um, aliados a nossa vontade de inovar sempre respeitando a música brasileira é o objetivo do Casa7, essa busca do equilíbrio, o caminho do meio.

Há uma ligação muito clara do grupo com a chamada MPB. Quais artistas vocês poderiam citar, dentre os que os músicos da banda gostam, que o público pode nem imaginar ao ouvir o som de vocês?

Gostamos muito de Djavan, Tom Jobim, Milton Nascimento, Elis Regina, Dori Caymmi, Joyce, Rosa Passos. Talvez o que não fique tão claro nas nossas músicas é nossa influência de rock, como Mutantes, Led Zeppelin, Pearl Jam.

Que artistas nacionais vocês acompanham de perto?

Tem muita gente nova fazendo muito boa música! O grupo Quartabê, a cantora Lívia Nestrosvki, tem o duo da Vanessa Moreno e do Fi Maróstica que é incrível! Tem muita gente!

Share Button

Também é colaborador do Showlivre, trabalhou como assessor de imprensa de artistas, bandas e casas de show. Movido a boa música, café quente e cerveja gelada, segue na busca de novos sons para descobrir e clássicos para recordar.

Recommended Posts